Quarta, 21 de Fevereiro de 2024
20°

Tempo nublado

Osasco, SP

Saúde Negligência médica

Gestante com perda de líquido amniótico vai a maternidade três dias seguidos até realizarem Cesária de emergência

Obstetra de plantão informa que não seria líquido amniótico e libera paciente.

02/01/2023 às 09h22 Atualizada em 04/01/2023 às 10h14
Por: Mikele Santos
Compartilhe:
Foto: Instagram
Foto: Instagram

O caso aconteceu entre os dias 10 a 14 de dezembro, com Ananda Amorim de 25 anos, que estava com 35 semanas e 3 dias (8 meses). A mesma foi atendida no Hospital Maternidade Almeida Castro que é mantido com recursos do SUS, auxiliado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Prefeitura Municipal de Mossoró/RN.

Ela procurou a maternidade no sábado (10) de madrugada, após perda de líquido, pois notou corrimento viscoso e sem odor, acreditando ser amniótico. Ao ser atendida pelo obstetra de plantão que realizou exame de toque e teste rápido para confirmação se seria líquido amniótico, o médico informou que não era o caso e liberou a paciente. No dia seguinte domingo (11), o corrimento continuou, e mais uma vez a gestante procurou a maternidade, contudo volta pra casa com a mesma informação que não seria líquido amniótico.

A segunda-Feira (12) chegou para mãe de primeira viagem que continuava com perda líquido, dessa vez foi feito ultrassom para avaliação do bebê, exame que não foi realizado nas outras ocasiões que Ananda compareceu ao hospital, devido o especialista que opera equipamento trabalha somente durante ao dia de segunda a sexta-feira, exceto em feriados. A ultrassonografia mostrou não haver rompimento que identificasse perca de líquido, que o peso da criança estava dentro da normalidade que a futura mamãe deveria ficar tranquila e retornasse a sua residência.

Os sintomas persistiam com agravamento de contrações e corrimentos com presença de sangue, contudo descreditada com atendimento público da maternidade, a gestante na terça-feira (13) ficou em casa, pois a cidade estava comemorando o dia da padroeira, Santa Luzia, portanto o feriado religioso municipal.

Na quarta-feira (14) pela manhã, Ananda agendou um ultrassom na rede particular que constatou a perca do líquido amniótico e baixo peso do filho, orientada a procurar a maternidade para cesária, pois a vida do seu bebê estava em risco. Ao retornar ao hospital a gestante conta que chorou bastante com avaliação do obstetra que confirmou que a criança não estava se desenvolvendo no útero e com a perca de líquido amniótico seria necessário intervenção cirúrgica, sendo internada para realização da cesária.

            Após nascimento do seu primogênito, Ananda relata em entrevista ao nosso portal, grande alivio em ter Tiago Miguel em seus braços, ele nasceu com 42,5cm e 2,260kg na noite de quarta (14).

Fonte: Entrevista com Ananda Amorim e Hospital Maternidade Almeida Castro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mikele Santos
Mikele Santos
Sobre Mikele Santos Atualmente, estudo jornalismo pela Universidade cruzeiro do sul. Tenho 31 anos, sou natural da cidade da quintura, Mossoró-RN, poetisa do efêmero, grande admiradora da sociedade do espetáculo. Fiz participações especiais na Rádio Rural de Mossoró, no programa Juventude Livre Sim (realização da RCC), durante a tarde, por conta dele que despertou em mim o interesse em comunicação, em especial pelo rádio.
Osasco, SP Atualizado às 22h11 - Fonte: ClimaTempo
20°
Tempo nublado

Mín. 18° Máx. 26°

Qui 27°C 19°C
Sex 29°C 20°C
Sáb 27°C 20°C
Dom 30°C 21°C
Seg °C °C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes