Terça, 06 de Dezembro de 2022
20°

Chuva forte

Osasco - SP

Esportes "Protesto-Alemanha"

Contra decisão da Fifa Alemanha protesta antes do jogo da Copa

Nesta quarta-feira 23/11, antes da partida, contra o Japão pelo Grupo E, da Copa do Mundo no Catar, os onze jogadores titulares posaram para a foto oficial, com a mão sobre a boca, em sinal de censura.

23/11/2022 às 16h17
Por: Kátia Barone
Compartilhe:
Alemanha faz forte protesto e se revolta com decisões da Fifa - Sportbuzz
Alemanha faz forte protesto e se revolta com decisões da Fifa - Sportbuzz

O Catar é um país que recebe várias críticas por conta dos problemas relacionados aos direitos humanos, como a criminalização da homoafetividade  e a falta de direitos das mulheres.

            Nesta terça-feira 22/11, a Federação Alemã de Futebol (DFB) afirmou que, considera apelar contra a proibição da FIFA – Federação Internacional de Futebol Associado, de usar as braçadeiras “One love” que surgiu na Holanda em 2020, e suas cores representam diferentes raças, origens, identidades de gênero e orientações sexuais, tornou-se pivô de um embate político entre seleções europeias e a FIFA, desde as vésperas da Copa do Mundo, e em apoio a comunidade LGBTQIA+ durante as partidas da Copar do Mundo no Catar-2022.

            “A FIFA nos proibiu (de mostrar) um sinal de diversidade e direitos humanos, fez ameaças maciças de sanções esportivas”, relatou o porta-voz da organização alemã à agencia de notícias de esporte SID – Sport-Informations-Dienst.

            O regulamento prevê que os capitães usem “as braçadeiras fornecidas pela FIFA” durante a competição, foi o que aconteceu com o capitão Manuel Neuer fez nesta quarta-feira 23/11 além da manifestação, entrou com a braçadeira escondida debaixo da manga da camisa, o arbitro pode pedir ao jogador que abandone o campo, para “corrigir a vestimenta”, e, em caso de incumprimento desta instrução, o jogador pode ser repreendido.

            A seleção da Alemanha, foi uma das equipes que reclamaram bastante da decisão da FIFA de impedir, as manifestações a favor da diversidade durante os jogos da Copa, na última segunda-feira 21/11, em jogo contra o Irã, a Inglaterra também fez um protesto antes do início da partida, os jogadores ingleses se ajoelharam em campo, em manifestação contra a decisão.

            Os organizadores da Copa do Mundo, informaram repetidamente que todos, não importa sua orientação sexual ou origem, são bem-vindos durante o torneio.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Kátia Barone
Kátia Barone
Sobre Kátia Soriano Barone sou Paulista e estudo Jornalismo na Universidade Cruzeiro do Sul
Osasco - SP Atualizado às 21h28 - Fonte: ClimaTempo
20°
Chuva forte

Mín. 21° Máx. 27°

Qua 28°C 20°C
Qui 30°C 19°C
Sex 32°C 19°C
Sáb 34°C 18°C
Dom 28°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete