Terça, 06 de Dezembro de 2022
20°

Trovoada

Osasco - SP

Brasil Democracia

Reitores eleitos e não empossados da UFERSA e de mais 19 Universidades Federais pedem fim de intervenção em carta a Lula

A Frente Nacional de Luta pela Autonomia e Democracia nas Instituições Federais de Ensino Superior pede a retomada do respeito às eleições para os cargos de comando da universidade.

23/11/2022 às 12h02 Atualizada em 23/11/2022 às 12h17
Por: Mikele Santos
Compartilhe:
Reitores eleitos e não empossados da UFERSA e de mais 19 Universidades Federais pedem fim de intervenção em carta a Lula

A Frente Nacional de Luta pela Autonomia e Democracia nas Instituições Federais de Ensino Superior cobra da equipe de transição a imediata retirada das nomeações dos reitores solicitando o cancelamento das intervenções do governo Bolsonaro nas nomeações dos reitores das Universidades Federais.

A solicitação foi encaminhada pela Frente Nacional de Luta pela Autonomia e Democracia nas Instituições Federais de Ensino Superior, formada por reitores e vice-reitores não empossados de todas as instituições federais de ensino (IFEs), além de entidades sindicais e do movimento estudantil, ao presidente eleito Lula, ao vice Geraldo Alckmin e ao professor José Henrique Paim, coordenador da área de educação na equipe de transição do novo governo.

No Rio Grande do Norte, a Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA) também foi alvo de intervenção de Bolsonaro. A reitora Ludmilla de Oliveira, terceira colocada na eleição realizada em junho de 2020, com 18,33% dos votos, nomeada pelo presidente, não faz parte da lista de três finalistas eleitos pela comunidade acadêmica. A UFERSA é a segunda instituição federal do Rio Grande do Norte, além da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que está sob intervenção do governo.

Atualmente, 20 universidades estão sob intervenção, tendo dirigentes, empossados na reitoria pelo governo Bolsonaro, que não foram eleitos pelas suas comunidades acadêmicas e que não ocupavam o primeiro lugar na lista tríplice.

Em carta, a Frente Nacional de Luta pela Autonomia e Democracia nas Instituições Federais de Ensino Superior pede a retomada do respeito às eleições para os cargos de comando da universidade:

“Não interromper essas intervenções significa manter o governo Bolsonaro existindo e atuando dentro dessas universidades federais”, afirma o documento encaminhado no último dia 15 de novembro. Para os reitores e vice-reitores não empossados “a autonomia e a gestão democrática dessas instituições de ensino são garantias constitucionais que precisam ser preservadas em nome de um Estado Democrático de Direito, em nome de um país soberano”.

 

Leia a carta na íntegra: https://wpa.wscom.com.br/wp-content/uploads/2022/11/Carta-ao-futuro-presidente-Lula-nov22-vfinal.pdf

Fonte: Saiba mais

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mikele Santos
Mikele Santos
Sobre Mikele Santos Atualmente, estudo jornalismo pela Universidade cruzeiro do sul. Tenho 31 anos, sou natural da cidade da quintura, Mossoró-RN, poetisa do efêmero, grande admiradora da sociedade do espetáculo. Fiz participações especiais na Rádio Rural de Mossoró, no programa Juventude Livre Sim (realização da RCC), durante a tarde, por conta dele que despertou em mim o interesse em comunicação, em especial pelo rádio.
Osasco - SP Atualizado às 20h48 - Fonte: ClimaTempo
20°
Trovoada

Mín. 21° Máx. 27°

Qua 28°C 20°C
Qui 30°C 19°C
Sex 32°C 19°C
Sáb 34°C 18°C
Dom 28°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete