Terça, 06 de Dezembro de 2022
22°

Chuva fraca

Osasco - SP

Esportes Seleção Brasileira

Brasil massacra Tunísia em última partida antes da Copa

Seleção vence e convence, Pedro se destaca em poucos minutos em campo

27/09/2022 às 19h16 Atualizada em 27/09/2022 às 19h16
Por: Fernando Jesus
Compartilhe:
Pedro: “Espero que seja o primeiro [gol] de muitos” / Lucas Figueiredo/CBF
Pedro: “Espero que seja o primeiro [gol] de muitos” / Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira de Futebol venceu a Tunísia pelo placar de 5 a 1 na última partida amistosa realizada antes da Copa do Mundo da Fifa no Qatar. O confronto foi realizado no Stade Parc des Princes, na França. Com futebol convincente, os selecionáveis do técnico Tite venceram um adversário cascudo em estádio lotado com maioria de torcedores da seleção tunisiana: haviam tomado somente 3 gols em 12 jogos, 7 jogos invictos. Aos 39 ‘ do primeiro tempo o Brasil já vencia por 4 a 1. Raphinha fez dois gols, e os outros três foram marcados por Richarlison, Neymar e Pedro. O último era a convocação mais cobrada por torcedores e jornalistas brasileiros. 

 

Com a superioridade do Brasil escancarada, os tunisianos foram agressivos e, aos 42’ do primeiro tempo, Bronn foi expulso após falta maldosa em Neymar. Richarlison levou um cartão amarelo por conta da confusão e empurra-empurra criados após a falta de Bronn. 

 

No entanto, o pior momento da partida foi quando jogaram uma banana em direção aos jogadores brasileiros enquanto comemoravam o gol do atacante Richarlison. O fato da Seleção Brasileira entrar em campo com uma faixa com a frase “sem nossos jogadores negros, não teríamos estrelas na nossa camisa” não surtiu efeito algum. A maior parte da torcida no estádio estava ao lado da Tunísia por conta de sua relação histórica com a França. A resposta veio em campo: o 5 a 1 ficou barato. 

 

Tite tem em suas mãos uma base sólida e excelentes jogadores no banco de reservas. O hexa vem? Não sei, mas é possível sim acreditar. Se entrar na Copa com o mesmo espírito de garra e coletividade, a camisa pesada da Seleção vai intimidar. Tem história, e muita história. Essa camisa pesa. 

 

Seleção Brasileira

Alisson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos (Ibañez) e Alex Telles (Renan Lodi); Casemiro, Fred (Rodrygo) e Neymar Jr.; Raphinha (Anthony), Richarlison (Pedro) e Lucas Paquetá (Vini Jr.). Técnico: Tite. 

 

Próxima partida

Copa do Mundo da Fifa no Qatar

Brasil x Sérvia - 24/11 - 16h

 

O hexa vem? O ato racista não ofuscou a exibição de gala da Seleção / Foto: Lucas Figueiredo/CBFO hexa vem? O ato racista não ofuscou a exibição de gala da Seleção / Foto: Lucas Figueiredo/CBF

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fernando Jesus
Fernando Jesus
Sobre Jornalista por vocação, músico por paixão, apaixonado por culturas, devorador de livros, encantado pela grandiosidade do universo
Osasco - SP Atualizado às 19h47 - Fonte: ClimaTempo
22°
Chuva fraca

Mín. 21° Máx. 27°

Qua 28°C 20°C
Qui 30°C 19°C
Sex 32°C 19°C
Sáb 34°C 18°C
Dom 28°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete