Terça, 06 de Dezembro de 2022
20°

Chuva forte

Osasco - SP

Meio Ambiente Preservação

Mutirão recolhe meia tonelada de lixo na Lagoa Rodrigo de Freitas

Desde o início de 2022, são 130 toneladas de lixo retiradas do local através do projeto Manguezais da Lagoa.

25/09/2022 às 00h31 Atualizada em 25/09/2022 às 00h40
Por: Cristian Carlos Fonte: Diário do Rio
Compartilhe:
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Neste sábado (24/09), o projeto Manguezais da Lagoa, que é coordenado pelo biólogo Mario Moscatelli, recolheu meia tonelada de lixo da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. O mutirão de limpeza promoveu a conscientização para a preservação do meio ambiente e contou com a participação da Comlurb e o apoio da Águas do Rio.

A ação retirou tampinhas, sacolas plásticas e diversos outros resíduos das margens da Lagoa, frutos do descarte irregular. Essa sujeira não só prejudica a vida de inúmeras espécies que habitam o local, como mancha a imagem de um dos pontos turísticos mais importantes do Rio de Janeiro.

Esse mutirão foi convocado para conscientizar as pessoas. Precisamos de uma postura individual e coletiva, e infelizmente uma parcela da população não colabora. Há 30 anos, víamos um mar de lixo, hoje de fato houve uma melhora, até por conta do trabalho da Comlurb e da nossa equipe apoiada pela Águas do Rio, fazendo a gestão dos manguezais. Mas ainda verificamos que nos finais de semana muito lixo é jogado pelas pessoas que frequentam o espaço. Quem paga por isso é o meio ambiente e a nossa qualidade de vida”, lamentou o biólogo Mario Moscatelli.

O projeto já recolheu mais de 130 toneladas de lixo da Lagoa desde o início do ano, colaborando para a recuperação do ecossistema, que também sofre uma revitalização hídrica. A transformação do local tem a contribuição de algumas ações da Águas do Rio. A modernização das estações elevatórias da Lagoa, e o bombeamento, evitam o desague de esgoto sem tratamento, além das operações de fiscalização para identificar o despejo irregular de esgoto no entorno da Lagoa.

Hoje vemos água limpa escoando das galerias pluviais. Há três décadas esse sistema era utilizado para despejar esgoto. Agora vemos a biodiversidade, uma série de animais que não existiam por aqui. A luta pela Lagoa se otimizou a partir do ano passado quando a Águas do Rio assumiu a gestão do saneamento. Hoje trabalhamos afinados. Quando a nossa equipe, a partir do projeto Manguezais da Lagoa, observa qualquer lançamento de líquido que não seja água limpa, aciona a concessionária, que imediatamente verifica”, explicou Moscatelli.

O cineasta Guilherme Ribeiro, participante no mutirão após ver a convocação na imprensa, enfatiza que a iniciativa é uma forma de retribuir à natureza:

Estamos aqui, vivos, por causa do meio ambiente e tudo que ele nos fornece. Participar dessa ação é retribuir o mínimo que ele nos dá. Além disso, esse lugar é fantástico, recebe pessoas de todas as idades. Vi muitas crianças observando a gente recolhendo lixo e com certeza isso é uma lição que elas levarão para suas vidas. Todas as pessoas deveriam se mobilizar, ou ao menos não jogar lixo fora da lixeira.”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cristian Carlos
Cristian Carlos
Sobre Cristian Carlos é graduando em Jornalismo, pela Universidade Cruzeiro do Sul, e graduando em Tecnologia em Filmmaker, pelo Centro Universitário Joaquim Nabuco. Ambos em fase de finalização. É Mineiro, do Sul de Minas Gerais, onde teve sua primeira experiência jornalística no Jornal O Encontro, na cidade de Cambuquira. Entretanto, desde 1994, reside no estado do Rio de Janeiro.
Osasco - SP Atualizado às 21h48 - Fonte: ClimaTempo
20°
Chuva forte

Mín. 21° Máx. 27°

Qua 28°C 20°C
Qui 30°C 19°C
Sex 32°C 19°C
Sáb 34°C 18°C
Dom 28°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete