Terça, 06 de Dezembro de 2022
22°

Chuva fraca

Osasco - SP

Cultura Ícone do Cinema

Cineasta Jean-Luc Godard, grande nome da Nouvelle Vague, morre aos 91 anos

O cineasta foi o maior nome do cinema francês e da Nouvelle Vague, movimento que influenciou gerações.

13/09/2022 às 21h24 Atualizada em 13/09/2022 às 21h52
Por: Cristian Carlos Fonte: Omelete/ G1/ UOL
Compartilhe:
Imagem: Jean-Luc Godard/ Avance Games
Imagem: Jean-Luc Godard/ Avance Games

O cineasta francês Jean-Luc Godard faleceu nesta terça-feira (13), aos 91 anos, em sua residência na cidade de Rolle, na Suíça. Segundo o jornal Libération, ele recorreu ao suicídio assistido: "Ele não estava doente, estava simplesmente exausto", informaram fontes da publicação.

Conhecido por clássicos do cinema como Acossado (1960)O Desprezo (1963) e O Demônio das Onze Horas (1965), Godard estava entre os diretores mais aclamados e importantes do mundo, com um trabalho que ajudou a romper convenções. O movimento ficou conhecido como a Nouvelle Vague, sendo responsável por inserir novos elementos na produção de filmes, como o uso de câmeras portáteis, cortes bruscos e roteiros existenciais. O objetivo principal era romper com os padrões estéticos estabelecidos pelo cinema americano.

Embora não tenha sido o único a ajudar a criar a Nouvelle Vague, também conhecida como "nova onda francesa", Godard ficou conhecido como o garoto-propaganda do movimento, que ganhou ramificações em outros países, inclusive em Hollywood e no “Cinema Novo” do Brasil.

"Jean-Luc Godard, o cineasta mais iconoclasta da Nouvelle Vague, inventou uma arte resolutamente moderna e intensamente livre. Estamos perdendo um tesouro nacional, um olhar de gênio", disse Emmanuel Macron, presidente da França, no Twitter.

Sua produção foi extensa. O site IMDB lista mais de 100 obras, entre curtas, documentários, séries de TV e mais de 40 longa-metragens. Quatro filmes de Godard fizeram parte da lista dos 50 melhores filmes de todos os tempos da revista de cinema britânica Sight and Sound — Acossado, O Desprezo, O Demônio das Onze Horas e História(s) do cinema.

Em 1987 recebeu um César honorário pelo conjunto de sua carreira. Em 2010, recebeu um Oscar honorário por sua obra. E o Festival de Cannes também concedeu uma Palma de Ouro especial em 2018.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cristian Carlos
Cristian Carlos
Sobre Cristian Carlos é graduando em Jornalismo, pela Universidade Cruzeiro do Sul, e graduando em Tecnologia em Filmmaker, pelo Centro Universitário Joaquim Nabuco. Ambos em fase de finalização. É Mineiro, do Sul de Minas Gerais, onde teve sua primeira experiência jornalística no Jornal O Encontro, na cidade de Cambuquira. Entretanto, desde 1994, reside no estado do Rio de Janeiro.
Osasco - SP Atualizado às 19h47 - Fonte: ClimaTempo
22°
Chuva fraca

Mín. 21° Máx. 27°

Qua 28°C 20°C
Qui 30°C 19°C
Sex 32°C 19°C
Sáb 34°C 18°C
Dom 28°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete