Quinta, 26 de Janeiro de 2023
21°

Tempo limpo

Osasco, SP

Especiais Um sonho

Jovem teve sua perna amputada e busca através de vaquinha virtual, conquistar prótese e voltar a andar

Só em São Paulo existem 3 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência.

05/09/2022 às 15h34
Por: Diego Giliotti
Compartilhe:
Tainá Diaz, 25 anos.
Tainá Diaz, 25 anos.

Três milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência em São Paulo, segundo o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse número representa 7,3% da população estadual. Desde 2008, a Lei 12.907/2008, aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, consolidou outras 46 medidas voltadas às pessoas com deficiência e garantiu direitos por vias legais a esses cidadãos no Estado.

Parte desse público, já nasceu com alguma deficiência, mas há também os que adquiriram por acometimento de doenças, ou acidentes. 

É o caso da Tainá Diaz, ela sofreu um atropelamento em 2020, quando ia ao trabalho, um ônibus a atingiu, devido a essa fatalidade, foi necessário o amputamento da perna direita devido a uma infecção. 

Ela precisou ficar 36 dias no hospital Pirajussara, só daí então, teve que reaprender através da reabilitação se adequar a sua nova realidade, com ajuda de profissionais; fisioterapeutas e psicólogos, foi sendo preparada para receber uma prótese via SUS (Sistema Único de Saúde). 

Dois anos depois do acidente, Tainá ainda faz terapia ocupacional alinhada a fisioterapia, e consegue dar alguns passos com a prótese básica. 

Mas para maior mobilidade e facilidade, de ter a liberdade de andar por vários tipos de terrenos, Tayná que hoje está com 25 anos, busca a aquisição de um prótese personalizada, e com ela o sonho de poder fazer o que foi interrompido no dia do acidente. 

A atual prótese apesar de oferecer o apoio para o movimento, não permite a prática de esportes, o caminhar contínuo que a jovem tanto precisa para voltar a ter qualidade de vida. 

Em entrevista ao Podcast Papo 360° ela contou com detalhes toda a sua luta, até os dias atuais, sua nova rotina no trabalho, o convívio com a família que também teve que se adaptar a nova circunstância. 

Para aquisição da perna mecanica, Tainá decidiu criar uma vaquinha virtual, e assim poder acelerar o seu sonho na conquista da prótese com os acessórios necessários, que hoje custa: R$ 8.500,00

Para ajudar a Tainá Diaz na conquista da sua prótese, é só acessar o link da Vaquinha virtual abaixo. 

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-a-taina-com-a-reabilitacao

Para conhecer mais sobre ela, acesse também seus perfis nas redes sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/taina_diazz/

Facebook: https://m.facebook.com/taina.diaz.121

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Diego Giliotti
Diego Giliotti
Sobre Jornalista, publicitário e libertário.
Osasco, SP Atualizado às 20h28 - Fonte: ClimaTempo
21°
Tempo limpo

Mín. 17° Máx. 29°

Sex 29°C 16°C
Sáb 27°C 18°C
Dom 28°C 19°C
Seg 23°C 19°C
Ter 23°C 19°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete