Quinta, 06 de Outubro de 2022
18°

Poucas nuvens

Osasco - SP

Polícia Crime cruel/Covardia

Caso Bárbara Victória: a Polícia Civil de MG confirmou que a menina foi estuprada e morta por asfixia

Paulo Sérgio de Oliveira, de 50 anos, o principal suspeito pelo crime, morreu.

11/08/2022 às 17h37 Atualizada em 11/08/2022 às 18h02
Por: Maria de Jesus
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Joaquim Francisco Neto, confirmou nesta quarta-feira (10) que Bárbara Victória Vitalino Rodrigues, de 10 anos, foi estuprada e morta por asfixia, no dia 31 de julho, após sair de casa para comprar pão em uma padaria. O corpo da criança foi encontrado no dia 2 de agosto, em um matagal próximo a um campo de futebol, no Bairro Pedra Branca, por uma vizinha da família que ajudava nas buscas. A menina estava amordaçada, com uma corda próximo ao pescoço, de barriga para baixo, sem o short, vestia apenas a camisa do Atlético.

Segundo informações do delegado Fábio Moraes Wernek, responsável pela investigação, confirmou a conclusão do DNA colhido no corpo da criança, ou seja, o material genético de Paulo Sérgio, de 50 anos, que aparece em imagens registradas por câmara de segurança ao lado da criança; foi encontrado nas unhas da vítima e no cadarço utilizado para amarrar as mãos da menina Bárbara Victória e confirma que o homem é o autor do crime. No dia 2 de agosto o suspeito cedeu o material genético voluntariamente à Polícia.

  Segundo a família, o suspeito prestou serviços elétricos na casa da vítima dias antes do homicídio. Paulo Sérgio chegou a ser conduzido à delegacia, após a Polícia Militar (MG) encontrar, em sua casa, um saco de pão semelhante ao que a menina havia comprado, mas foi solto por falta de prova, fragrante e mandado de prisão. O suspeito negou o crime, negou conhecer Bárbara Victória e negou também ser ele o que aparecia nas imagens das câmaras de segurança. Depois confirmou aparecer no vídeo e conhecer a vítima, mas que nada fez com a criança, entrando em contradição o seu depoimento.   

 “Tudo que temos até agora é que ele agiu sozinho. O motivo do crime, foi sexual”, afirmou o delegado.

  O autor do crime foi encontrado morto da casa da tia no dia 3 de agosto — há indícios de suicídio. Segundo o delegado, Paulo Sérgio é suspeito de outros crimes semelhantes que estão sendo investigados.

 

 

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Maria de Jesus
Maria de Jesus
Sobre Apaixonada por comunicação com interesses em diferentes mídias — de Belo Horizonte
Osasco - SP Atualizado às 00h56 - Fonte: ClimaTempo
18°
Poucas nuvens

Mín. 17° Máx. 32°

Sex 26°C 18°C
Sáb 28°C 16°C
Dom 28°C 17°C
Seg 20°C 16°C
Ter 28°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete