Domingo, 14 de Agosto de 2022
15°

Alguma nebulosidade

Osasco - SP

Economia CPI na Petrobras

Bolsonaro afirma que pediu instalação de CPI na Petrobras por os preços serem um abuso e Lira diz que depende de partidos e cobra participação ativa do governo

Política de preços perpetrado pela Petrobras, são as causas de desavenças com o Palácio do Planalto. O presidente Jair Bolsonaro vem demonstrando insatisfação com a inflação exorbitante nos combustíveis.

21/06/2022 às 11h24 Atualizada em 22/06/2022 às 10h12
Por: Maria de Jesus
Compartilhe:
Foto: Divulgação redes sociais
Foto: Divulgação redes sociais

  Jair Bolsonaro (PL) disse nesta noite de segunda-feira (20), em Brasília em conversa com seus apoiadores, que apoia fortemente a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar diretores da Petrobras, ou seja, irregularidades. Na última sexta-feira (17), a Petrobras anunciou reajuste de 5,2% no preço gasolina e de 14,2% no do diesel.  Após as declarações do presidente da república, Arthur Lira diz que depende de partidos e cobra participação ativa do governo e do Ministério da Economia nas discussões e afirmou que nesta terça-feira (21) outras conversas devem ter para tratar o assunto.

Eu estou acertando uma CPI na Petrobras. ‘ Ah! Você que indicou o presidente da Petrobras’. Sim, mas quero CPI, ué. Por que não? Investiga o cara. Se não der em nada, tudo bem. Mas os preços da Petrobras são um abuso”, pontuou o presidente Jair Bolsonaro.

O presidente da Câmara dos deputados, Arthur Lira (PP-AL), lidera a colheita de assinaturas para viabilizar a abertura de uma comissão. Parlamentares ligados a Lira ou Palácio do Planalto diz que a CPI se transforme em munição da oposição para desgastar o governo em um ano eleitoral, sendo que cabe à União fazer as devidas indicações, incluindo os integrantes do Conselho de Administração da Petrobras.

Se estiver com todos os embasamentos, as assinaturas necessárias, fato determinado, teria a instalação. Com relação aos outros assuntos, há um sentimento quase que unânime, se não quiser dizer unânime, por parte de todos os líderes que participaram dessa reunião, de que o Ministério da Economia e o governo federal também têm que se envolver diretamente nessas discussões”, declarou Arthur Lira. “As situações que o Brasil passou transformaram as estatais em seres autônomos e com vida própria, muitas vezes dissociadas do governo do momento”, completou o presidente da Câmara.

Segundo Lira, uma rodada de conversas está marcada para essa terça-feira (21). Foi aprovada também, a Comissão de Constituição e Justiça o parecer do deputado Danilo Forte (PSB-CE) pela admissibilidade da proposta de emenda à constituição (PEC) que assegura a competitividade dos biocombustíveis em relação a combustíveis fósseis. 

Após pressão do Planalto, devido ao último aumento dos combustíveis, José Mauro Coelho, renunciou ao cargo, sendo, substituído por Fernando Assumpção Borges, então diretor-executivo de Exploração e Produção da companhia. A gasolina teve aumento percentual de 5,61% e o diesel alta de 14,4%.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Maria de Jesus
Maria de Jesus
Sobre Apaixonada por comunicação com interesses em diferentes mídias — de Belo Horizonte
Osasco - SP Atualizado às 09h38 - Fonte: ClimaTempo
15°
Alguma nebulosidade

Mín. 13° Máx. 28°

Seg 29°C 15°C
Ter 30°C 17°C
Qua 26°C 18°C
Qui 25°C 16°C
Sex 18°C 11°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete